Indicação do(s) Estabelecimento(s) para Acolhimento

No sentido de operacionalizar o cumprimento do artº 10º do DL nº 10-A/2020, de 13.03, junto anexo a lista das escolas da região centro, sem prejuízo do ajustamento necessário que possa vir a fazer-se em face das necessidades verificadas em cada uma das unidades orgânicas, designadamente o alargamento desta rede, a DGEstE difundiu já uma listagem de Estabelecimentos para ACOLHIMENTO de crianças cujos EEs possam ser considerados em funções essenciais e não tenham alternativas para acompanhamento dos seus educandos em domicílio.

É essa lista que damos a conhecer (VER LISTA da DGEstE)

Viseu terá como Estabelecimento de Acolhimento a Escola Básica da Ribeira.

Porém, o Estabelecimento de Acolhimento do AEViso, se necessário, é a EB Mestre Arnaldo Malho.

Tais estabelecimentos, destinam-se às crianças dos 3 aos 12 anos, inclusive, abrangidas pelo previsto no Decreto-Lei n.º 10-A/2020, artigo 10.º.

Os trabalhadores das atividades ou serviços essenciais que sejam mobilizados pela entidade empregadora ou pela autoridade pública, ao requererem o “acolhimento” terão que integrar os critérios comprovados:

- Famílias cujos cônjuges sejam, os dois, trabalhadores de serviços essenciais;

- Famílias monoparentais de trabalhadores de serviços essenciais;

 Todas as famílias enquadradas nos referidos critérios, devem:

- Manifestar através de e-mail gabineteeducacao@cmviseu.pt,  através do contacto 232 427433 ou através dos canais de contacto com o AEViso.

 

aluno